ONDE FICA A SANTA CASA?

santa casa

Semana passada, após deixar a filha na escolinha e indo ao trabalho pelo trajeto embaixo do Minhocão, um casal de idosos me parou perguntando onde ficava a Santa Casa. Eu, com a cabeça recheada de preocupações diversas, parei para olhar ao redor, afinal, como estava bem próximo dali e justamente este cidadão aqui passou o último fim de semana no recinto citado, estava bem fácil de indicar. Confiante, falei:

– Os senhores pegam esta rua aqui, a rua Santa Isabel, esta aqui atrás, virem à esquerda que sai direto na Santa Casa, cai bem em frente.

O simpático casal de velhinhos agradeceu e segui o seu certeiro destino. Continuei a caminhar me sentindo aliviado por ajudar, pois se eu não fosse publicitário e ator, eu trabalharia em balcão de informações ou seria taxista, pois gosto de informar caminhos para quem não sabe, ainda mais porque respeito e tenho apreço por velhinhos fofinhos, ainda mais quando estão vulneráveis na busca de algum remédio ou um lugar para se tratar de algo que eu não faço ideia. Então, no meu pensamento de ser humano realizado em ter feito a boa ação do dia, pensei sozinho de como era bom informar certinho o lugar que queriam saber, e bom saber que a indicação era fácil, era só seguir a rua Santa Isabel à esquerda e seguir ret… CARALHO!!! JOÃO, SEU IDIOTA!!! NÃO É PRA ESQUERDA, É PRA DIREITA, ELES VÃO PARAR NA PRAÇA DA REPÚBLICA, E LÁ NÃO TEM SANTA CASA, MUITO MENOS SANTA!!! E lá vai este ser desesperado correndo e já suando num frio de 16 graus pra alcançar o famigerado casal de avançada idade que já tinha sumido do mapa. Dobrei a esquina naquele sentido indicado – e bem errado – e cheguei como se estivesse sofrendo um infarto do miocárdio ali mesmo, quando disse:

– Desculpem!!! Me desculpem!!! Falei errado! É no outro sentido… É a mesma rua, mas para a direita! Me desculpem, confundi…

Os idosos agradeceram e sorriram aliviados dizendo que não conheciam nada dali. Pedi que me acompanhassem, pois eu voltaria até à mesma esquina com eles e continuei:

– É ali! Só atravessar essa avenida e seguir essa rua. Estão vendo as árvores ali? É bem em frente à Santa Casa, logo ali.

Agradeceram novamente e seguiram o destino. E eu, no frio de 16 graus, parecia suar em um pós-febre de 41 graus, mas senti um alívio em consertar meu erro e pensar que os velhinhos queridos estavam a salvo.

Moral da história I: não importa se é esquerda ou direita, ajude quem precisa.

Moral da história II: não siga seu caminho certo após indicar o caminho errado, volte pelo mesmo caminho anterior, entre no caminho errado, indique o caminho certo e siga o seu caminho.

Moral da história III: evite se preocupar para não preocupar os outros.

 

João Aranha

10/05/2016

Anúncios
Etiquetado , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: